Loading...

Notícia

Publicado: 21/06/2022 12:25h

Samarco irá produzir mais de 60 mil mudas em viveiro

Samarco irá produzir mais de 60 mil mudas em viveiro

Cedasf foi ampliado e deve receber 200 mil plantas ao decorrer do ano de 2023

A Samarco concluiu as intervenções para ampliação do Centro de Desenvolvimento Ambiental, Social e Florestal (Cedasf). A capacidade do local foi expandida e mais de 60 mil mudas serão plantadas no viveiro. A expectativa é que cerca de 200 mil plantas sejam cultivadas em 2023. Implantado em 2019, o Centro está localizado na Vila Samarco, nas proximidades do distrito de Antônio Pereira, em Ouro Preto.

“Além da produção de mudas florestais, o Cedasf envolve uma série de atividades sociais, nas temáticas de flora e fauna, ações de pesquisa e projetos socioambientais. O Centro é uma ferramenta prática de inovação, parceria e confiança e de novos conhecimentos em prol da sustentabilidade”, destacou o analista de Meio Ambiente, Diogo César Vilela.

A produção é diversa e inclui cerca de 82 espécies nativas do bioma Mata Atlântica para favorecer a demanda ambiental da região. Entre os tipos de plantas estão ipês, cedro, candeias, quaresmeira, jacarandá da Bahia, palmito jussara, braúna, dentre outras.

As obras foram realizadas conforme critérios de inovação e sustentabilidade. Foram reaproveitadas 22 toneladas de materiais que seriam descartados para criação de um novo ambiente, como a utilização de resíduos metálicos nos pilares de sustentação da Casa de Germinação, Casa de Sombras, Galpão de Insumos e, em especial, nas bancadas para produção de mudas.

O projeto é uma das condicionantes da Licença de Operação Corretiva (LOC) obtida pela Samarco para retomada das operações. A ação está vinculada à produção de mudas florestais para plantios compensatórios.


Fonte: Assessoria de Imprensa da Samarco
Arquivos