Loading...

Notícia

Publicado: 08/12/2021 19:07h

Iron Biker incentiva economia e turismo esportivo em Mariana

Iron Biker incentiva economia e turismo esportivo em Mariana

Cidade mineira, sede da 28ª edição do Iron Biker Brasil, se consolida como um dos destinos mais procurados do turismo de aventura do país

O município de Mariana, em Minas Gerais, se consolidou como um dos destinos mais procurados para a prática de mountain bike. A cidade recebeu, em novembro, a 28ª edição do Iron Biker Brasil, considerada a maior prova da modalidade da América Latina. 

Tradicional no calendário da cidade histórica, o evento esportivo atraiu este ano, aproximadamente 1.300 ciclistas de diversas localidades. De acordo com os organizadores, ao todo, cerca de 4 mil pessoas passaram pela cidade entre os dias 12 e 14 de novembro. A competição estimulou também o lado econômico da cidade. Em média, R$ 8 milhões são movimentados a cada edição do Iron Biker, que acontece em Mariana desde 2013.

Devido à pandemia da Covid-19, o evento não foi realizado em 2020, mas a pausa nas disputas não desanimou competidores e visitantes, que compareceram para coroar o município mineiro como um dos principais destinos para o turismo de aventura.

Nos dias que envolveram a competição, os participantes e visitantes tiveram a oportunidade de conhecer traços únicos de Mariana em suas ruas históricas, casarios e igrejas de arquitetura barroca. As provas também revelaram ao público, além da habilidade dos ciclistas, as cachoeiras, paisagens preservadas e distritos históricos que fizeram parte do circuito. 

Potencial turístico fortalecido 

Mesmo após o encerramento da competição, muitos visitantes aproveitaram as trilhas para se aventurar na cidade, que faz parte dos circuitos do Ouro e Estrada Real. 

Para promover Mariana como destino turístico e fortalecer a estrutura necessária aos visitantes, a Fundação Renova apoia iniciativas, como o Iron Biker Brasil, além de investir em infraestrutura civil e capacitações para profissionais do setor. 

A restauração da Casa da Banda, iniciada em setembro de 2021, e da Estação Ferroviária do distrito de Monsenhor Horta, que começa no início do próximo ano, preserva a memória histórica e cultural do distrito. Na sede do município, a praça Gomes Freire foi reaberta em julho deste ano, depois de passar por uma revitalização que trouxe melhorias de acessibilidade, iluminação e paisagismo para marianenses e turistas.

Além disso, está sendo formado um Arranjo Produtivo Local de Turismo com representantes do trade turístico e da cultura, que vai propor ações e melhorias para o setor no município. 

Ao todo, 22 projetos de áreas como cultura, esporte e turismo também foram selecionados pelo Edital Doce para receber o total de R$ 1,5 milhão, incluindo o Circovolante e o Teatro Navegante, nacionalmente reconhecidos e responsáveis por atrair visitantes à cidade. Já pelo Impulso Rio Doce, outra iniciativa em andamento, 230 ideias e negócios de segmentos que incluem o turismo serão selecionados para participar por seis meses de treinamentos coletivos, atendimentos individualizados, mentorias e assessorias personalizadas para cada tipo de negócio.


Fonte: Assessoria de Imprensa Fundação Renova
Arquivos