Notícias - Vale

Publicado 17/03/2017

Região Norte de Camburi será recuperada e ganhará dois parques

Região Norte de Camburi será recuperada e ganhará dois parques
 

A Vale vai implementar nos próximos meses diversas ações para a recuperação do extremo Norte da Praia de Camburi. As iniciativas, que envolvem limpeza da área e a construção de dois parques, entre outras, são frutos de anos de estudos para definir a melhor solução técnica para a região e serão viabilizadas por um Termo de Compromisso Ambiental, assinado nesta quinta-feira (16) pela empresa com o Ministério Público Federal, o Ministério Público Estadual, a Prefeitura de Vitória e o governo do Estado. 

O termo prevê a limpeza da faixa de areia que não é banhada pelo mar no extremo Norte da Praia, onde há sedimentos de minério de ferro oriundos das atividades da empresa no passado. A limpeza e o monitoramento ambiental da região durante a implantação do projeto de recuperação da área serão executados conforme recomendação técnica do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vitória (Semmam). Com a assinatura do termo de compromisso, os projetos serão apresentados em até 6 meses para aprovação dos órgãos ambientais.

Como parte das ações de compensação, o final da Praia de Camburi passará a contar com dois parques que vão revitalizar e valorizar a região: o Parque Costeiro, voltado para a educação ambiental, e o Parque Zé da Bola, com espaço para prática de esportes e lazer. O termo prevê também a proteção da restinga na região Norte da praia e um estudo para recuperação da erosão na região Sul. Os objetivos, premissas e o escopo dos parques serão definidos pela Prefeitura de Vitória e pela Vale em até 4 meses a partir da data da celebração do termo de compromisso.

Todo o processo de elaboração de projetos e execução das obras será acompanhado por uma comissão formada por membros dos órgãos que assinam o termo e por representantes da comunidade.

"A assinatura deste termo reflete o compromisso da Vale com as entidades envolvidas e com a comunidade. Há anos estudamos o assunto para garantir a melhor solução para a recuperação da área. Agora, com o aval de todos os órgãos, estamos prontos para executar as obras e devolver à cidade de Vitória um espaço nobre e pouco conhecido pela comunidade capixaba", ressalta o diretor da Vale, Fabio Brasileiro.

Estudos contratados pela Vale e confirmados pelos órgãos ambientais mostraram que o material, depositado durante a década de 1970, está confinado no extremo Norte da praia, não afetando outros pontos, e que a fauna e a flora da região estão estáveis. Cabe ressaltar que o procedimento que resultou no depósito do material foi encerrado há mais de 30 anos e desde então a empresa conta com medidas de controle e contenção para impedir esse tipo de ocorrência.



Fonte: Assessoria de Imprensa Vale