Notícias - Vale

Publicado 18/04/2017

Luciano Siani: “Vale pode gerar margem operacional maior do que concorrentes”

Luciano Siani: “Vale pode gerar margem operacional maior do que concorrentes”

O diretor-executivo de Finanças e de Relações com Investidores da Vale, Luciano Siani, destacou que a Vale possui atualmente condições suficientes para gerar uma margem operacional maior do que a de seus concorrentes. O anúncio foi feito durante sua apresentação no evento Brazil Investment Forum, promovido pelo Bradesco BBI, nos dias 4 e 5 de abril. Para Siani, a tendência do gasto de capital (ou capex, como é chamado em inglês) da Vale é cair nos próximos anos, uma vez que atualmente já está em número inferior ao de seus concorrentes.

“Nos próximos anos, abriremos uma única mina, a de Capanema, que será um diferencial em comparação com as de nossos concorrentes”, disse o nosso CFO. Outro ponto a favor da Vale, segundo Siani, foi a transformação de seu portfólio para ativos de maior qualidade, frente a desinvestimentos dos que não eram estratégicos para a empresa e de outros de menor porte. Para ele, os bons resultados são fruto de uma empresa com alta produtividade, baixa necessidade de investimentos e alta geração de caixa.

Siani ainda afirmou que, mais adiante, a Vale seguirá com foco na redução da alavancagem. A ideia é manter a dívida líquida da empresa ainda este ano entre US$ 15 bilhões e US$ 17 bilhões. “Ano que vem teremos uma empresa com grande potencial de distribuição de fluxo de caixa adicional em qualquer cenário de preço de minério de ferro”, afirmou.



Fonte: Assessoria de Imprensa Vale