Notícias - Petrobras

Publicado 11/02/2016

Petrobras alcança recorde anual de produção de petróleo no Espírito Santo

Petrobras alcança recorde anual de produção de petróleo no Espírito Santo

Resultado se deve, sobretudo, ao desempenho da P-58, uma das cinco plataformas que mais produziram no Brasil em 2015 A produção de petróleo da Petrobras no Espírito Santo foi recorde em 2015, com média de 354,5 mil barris por dia (bpd). Esse volume é 6,9% maior que a média do ano anterior, de 331,7 mil bpd. No ano passado, também foi registrado recorde diário de produção, em 10 de julho, com 433,2 mil barris produzidos. O alcance dessas marcas se deve, sobretudo, aos resultados obtidos pela P-58, que opera em reservatórios no pré-sal e no pós-sal do Parque das Baleias, no litoral sul capixaba. A plataforma registrou recordes individuais de produção, superando a barreira de 150 mil bpd com pico diário de 155,2 mil bpd em 18 de julho. Com capacidade para processar 180 mil barris de óleo por dia e para comprimir diariamente até 6 milhões de metros cúbicos de gás, a P-58 esteve sempre entre as plataformas que mais produziram no país entre julho e novembro, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Além disso, foi essencial para o alcance desses recordes a elevada eficiência operacional alcançada em todas as unidades de produção, com a contribuição das iniciativas do Programa de Aumento da Eficiência Operacional (Proef) nas unidades marítimas. Com esses resultados, o Espírito Santo contribuiu para o aumento da produção da Petrobras em 2015, que, pela primeira vez nos últimos 13 anos, superou a meta fixada para o ano, de acordo com o Plano de Negócios e Gestão da companhia. A marca de 2,128 milhões bpd, atingida em 2015, representa alta de 4,6% diante do resultado do ano anterior e é 0,15% acima dos 2,125 milhões previstos no PNG. Histórico No Espírito Santo desde 1957, a Petrobras realiza operações de exploração e produção de óleo e gás em terra e no mar. Iniciada em 1973, a produção em terra ocorre atualmente nos municípios de Conceição da Barra, São Mateus, Jaguaré e Linhares, onde se localizam oito estações. A produção marítima da Petrobras no estado se estende por praticamente todo o litoral capixaba. Atualmente, há seis plataformas em atividade nas concessões de produção nas quais a companhia é operadora. Na Bacia do Espírito Santo, encontram-se a plataforma fixa de Peroá, que é desabitada, e o FPSO Cidade de Vitória. Fonte: Assessoria de Imprensa Petrobras